Poetas de Agosto

*.i.n.s.p.i.r.e-s.e.*

Palavras Mágicas_Betto Fernandes 16 abril, 2007

Filed under: Betto Fernandes — lucasbrandao @ 1:55 am

Tempos se passaram…
E onde está aquela água limpa e fresca que matava minha sede?
E o verde, que brilhava debaixo da arvore, onde sentado na sombra eu lia meu livro?
Tudo acabou…
Foi trocado por asfalto, casas, prédios… Muitos prédios!
Sinto falta de tudo como era antes… Do sol que brilhava toda manhã, da lua firme no céu!
Dos pássaros que me acordavam com seu canto a todo amanhecer!
Do cheiro das flores…Das árvores que nasciam no terreiro de minha casa sem que eu plantasse!
Sinto saudade de tudo, de tudo mesmo!
E sinto dó daqueles que virão ao mundo sem te conhecer.
Natureza, a mais bela de todas as coisas!
Seremos filhos do concreto, do aço. Viveremos num mundo cibernético!

{fragmentos da obra Todo Mundo No Brasil Faz Caixa 2}

Anúncios
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s