Poetas de Agosto

*.i.n.s.p.i.r.e-s.e.*

Pedacinhos_Lucas Brandão 25 junho, 2008

Filed under: Lucas Brandão — lucasbrandao @ 4:47 am

O coração já esta cheio.
A ponto de se partir em centelhas – centenas de pedacinhos,
pequenos fragmentos de quase nada.
Ou quase tudo me despedaçando.

Se Nietzsche me escutasse agora, talvez,
com dedo em riste e voz serena me recriminaria.
E eu choraria as lágrimas de vidro que não tenho chorado há tempos.

Tempo… me deixo levar pelas horas.

Fragmentos de dois anzóis fisgando nossos corações.
Pedacinhos!

Anúncios
 

One Response to “Pedacinhos_Lucas Brandão”

  1. Lais Says:

    Gostei muito, Lucas. Demorei um pouquinho, mas estou vendo com calma as coisas aqui, e logo mais vou no Homem Inquieto. Obrigada pelo poema do seu avô, pelas dicas destes espaços e parabéns!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s